02.07.20       Morning Portuguese  Murli        Om Shanti      BapDada        Madhuban


Essência:
Doces filhos, vocês agora têm de estudar aqui e mudar de espinhos em flores fragrantes pelos seus futuros 21 nascimentos. Assimilem virtudes divinas e também inspirem outros a fazerem isso.

Pergunta:
O cadeado no intelecto de quais filhos continua a se abrir, numericamente?

Resposta:
Os filhos que continuamente seguem shrimat e ficam na lembrança do Pai Purificador. O cadeado no intelecto desses, cujo yoga está conectado com o Professor, continua a se abrir. Baba diz: Filhos, pratiquem se considerar almas, irmãos, e ouçam o Pai. Ouçam e expliquem aos outros na consciência de alma e seu cadeado se abrirá.

Om shanti.
O Pai diz a vocês, filhos: Enquanto sentados aqui, não é que vocês só tenham de ficar na lembrança de Shiv Baba. Isto tem de acontecer, mas junto com paz, vocês também precisam de felicidade. Vocês têm de permanecer pacíficos, mas também devem girar o disco da autorrealização e também se lembrar de seu reino. Vocês estão se empenhando para mudar de humanos comuns em Narayan, de seres humanos em divindades. Aqui, não importa quantas virtudes divinas alguém tenha, essa pessoa não pode ser chamada de divindade. As divindades só existem no paraíso. As pessoas no mundo não sabem sobre o paraíso. Vocês, filhos, sabem que o mundo novo é chamado de paraíso e que o mundo velho é chamado de inferno. Isto só é conhecido por vocês, residentes de Bharat. Os quadros das divindades que governavam na idade de ouro só existem em Bharat. Eles são da religião eterna e original das divindades. Aquelas imagens são levadas para o exterior para que sejam adoradas. Quaisquer outros locais que as pessoas do exterior vão, elas constroem seus templos lá. Não importa para onde aqueles de outras religiões vão, eles adoram as imagens de sua própria religião. Qualquer cidade que conquistem, eles constroem igrejas lá. Cada religião tem suas próprias imagens que eles usam para adorar. Antes, vocês também não sabiam que eram divindades. Vocês pensavam em si como separados delas e as adoravam. Aqueles de outras religiões sabem que estão adorando o fundador de sua religião: Se for Cristo, eles dizem: “Somos cristãos”. Ou “Somos budistas”. No entanto, porque os hindus não conhecem sua própria religião, eles se chamam de hindus e adoram as divindades. Eles sequer entendem que pertencem à religião eterna e original das divindades e que estão adorando seus próprios ancestrais. Os cristãos só adoram Cristo. As pessoas de Bharat não sabem o que é a religião delas, quem a estabeleceu nem quando. O Pai diz: Quando a religião eterna e original das divindades de Bharat desaparece, Eu venho para estabelecê-la outra vez. Vocês, filhos, agora têm este conhecimento no intelecto. Anteriormente, vocês não sabiam de absolutamente nada. No caminho de devoção vocês continuaram a adorar aquelas imagens sem entender nada sobre elas. Agora vocês sabem que não estão mais no caminho de devoção. Agora existe uma diferença de noite e dia entre vocês, a decoração do clã brahmin e o clã shudra. Somente nesta época vocês entendem isto. Vocês não saberão disto na idade de ouro. É apenas nesta época que vocês recebem este entendimento. O Pai dá entendimento às almas. Somente vocês, brahmins, sabem sobre o mundo velho e o mundo novo. No mundo velho existem muitos seres humanos. Os seres humanos aqui brigam e discutem muito; esta é a floresta de espinhos. Vocês sabem que vocês também eram espinhos. Agora Baba está tornando vocês como flores. Os espinhos se curvam a essas flores fragrantes. Vocês agora entendem este segredo. Vocês eram aquelas divindades que agora se tornaram flores fragrantes (brahmins). O Pai explicou que este é o drama. Anteriormente, as peças e filmes etc. não existiam; eles foram inventados recentemente. Por que eles foram inventados? De forma que fique fácil para o Pai dar exemplos. Vocês, filhos, também podem entender essas coisas. Vocês, filhos, também têm de estudar ciência. O seu intelecto levará consigo todos os sanskars da ciência que serão úteis lá. O mundo não será completamente destruído. Vocês levarão esses sanskars consigo e nascerão lá. Os aviões, etc. também serão construídos lá. Coisas úteis que são dignas daquele local estão sendo criadas agora. Ainda há aqueles que constroem navios, mas navios assim não serão úteis. Tomando conhecimento ou não, esses sanskars deles não terão utilidade. Não há necessidade de navios; não está no drama. Sim, os aviões e eletricidade etc. serão necessários. Tais coisas continuam a ser inventadas. Os filhos vêm para cá tendo estudado essas coisas lá (no exterior). Somente vocês, filhos, têm todas essas coisas em seu intelecto. Vocês sabem que estão estudando para o mundo novo. Agora Baba está nos ensinando para nossos futuros 21 nascimentos. Estamos nos tornando puros para nos tornarmos residentes do paraíso. Anteriormente, éramos residentes do inferno. As pessoas dizem: Fulano tornou-se um residente do paraíso. No entanto, eles não se consideram residentes do inferno. O cadeado no intelecto deles não se abre. O cadeado no intelecto de vocês, filhos, agora está se abrindo, numericamente, pouco a pouco. O cadeado daqueles que continuam a seguir shrimat e a se lembrar do Pai Purificador abre-se gradualmente. Baba lhes dá conhecimento e também os ensina a ter lembrança. Ele é o Professor, não é? Então, o Professor definitivamente os ensinará. Quanto mais yoga vocês tiverem com o Professor e com o estudo, mais elevado o status que reivindicarão. Nos outros estudos, de qualquer modo, vocês têm yoga com aquele estudo. Vocês sabem que um advogado está ensinando vocês. Aqui, é o Pai que está ensinando vocês. Porque isto é algo novo, vocês ainda se esquecem. É muito fácil lembrar-se do corpo. Vocês repetidamente se lembram do corpo. Vocês se esquecem que são uma alma. O Pai agora está explicando a vocês, almas. Nós, almas, somos irmãos. O Pai sabe que Ele é a Alma suprema. Ele está ensinando vocês, almas, a se considerarem almas e a ensinarem outros enquanto os considerando almas. As almas ouvem por meio dos ouvidos, e é o Pai supremo, a Alma suprema, quem relata este conhecimento. Ele é chamado de Alma Suprema. Quando vocês explicarem aos outros, o seu intelecto deveria saber que vocês, a alma, têm este conhecimento e que o estão relatando às almas: “Estou contando às almas o que ouvi de Baba”. Isto é algo completamente novo. Quando ensinando outros, vocês não os estão ensinando na consciência de alma; vocês se esquecem disso. Este é o seu destino. Seu intelecto deve se lembrar: “Eu, a alma, sou imperecível. Eu, a alma, estou desempenhando meu papel por meio desses órgãos físicos”. Vocês, almas, pertenciam ao clã shudra e agora estão no clã brahmin. Então, vocês irão para o clã das divindades. Lá vocês receberão um corpo puro. Nós, almas, somos irmãos. O Pai está ensinando vocês, filhos. Vocês, filhos, dizem que são irmãos e que estão ensinando os seus irmãos. Tudo é explicado às almas. As almas ouvem através do corpo. Esses são assuntos muito sutis. Essa consciência não permanece. Vocês permaneceram conscientes do corpo por meio ciclo. Agora vocês devem se tornar conscientes da alma. Tenham a fé de serem almas. Sentem-se aqui com fé de serem almas. Ouçam com a fé de que vocês são almas. O Pai supremo, a Alma suprema está relatando este conhecimento a vocês. É por isso que se diz: “As almas ficaram separadas da Alma suprema por muito tempo”. Eu não ensino vocês lá. Eu vim aqui para ensinar vocês. Todas as outras almas têm corpo próprio. Este Pai é a Alma suprema. Ele não tem um corpo próprio. Aquela alma é chamada Shiva. Vocês sabem que este corpo não pertence a Mim. Eu sou a Alma suprema. Meu louvor é separado. O louvor de cada um é individual. Existe o louvor, “O Pai Supremo, a Alma Suprema, executa o estabelecimento por meio de Brahma”. Ele é o Oceano de Conhecimento, a Semente do Mundo Humano. Ele é a Verdade, o Ser Vivo e o Oceano de Bem-Aventurança, Paz e Felicidade. Este é o louvor do Pai. Os filhos estão conscientes da propriedade do pai deles. Eles têm o enlevo de seu pai ter esta ou aquela fábrica ou usina, etc. São os filhos que se tornam senhores daquela propriedade. Somente uma vez vocês recebem esta propriedade. Vocês já ouviram sobre a propriedade que o Pai tem? Vocês, almas, são imortais; vocês nunca experimentam a morte. Vocês também se tornam oceanos de amor. Lakshmi e Narayan também são oceanos de amor; eles nunca brigam nem discutem. Aqui as pessoas brigam e discutem tanto. Há inclusive mais complicação por causa do amor. O Pai veio para pôr um fim ao vício. É por isso que há tanta violência. O Pai diz: Filhos, tornem-se puros e vocês se tornarão os senhores do mundo puro. A luxúria é o maior inimigo. É por isso que quando vocês vêm a Baba é dito a vocês: Contem a Baba sobre os pecados que vocês cometeram neste nascimento e sua carga de pecados será aliviada. Nisto também, a coisa principal é o aspecto da luxúria. O Pai pede a vocês, filhos, para contar isto a Ele para o seu próprio benefício. É porque aqueles que se largam ao vício são conhecidos como impuros que as pessoas clamam ao Purificador: “Ó Purificador, venha! Este mundo está impuro”. Os seres humanos estão impuros. Mesmo os cinco elementos estão impuros. Lá é necessário que os elementos se tornem puros para vocês. A sombra das divindades não pode cair nesta terra demoníaca. As pessoas invocam Lakshmi, mas ainda não é possível que ela venha aqui. Esses cinco elementos ainda têm de mudar primeiro. A idade de ouro é o mundo novo, enquanto este é o mundo velho. Agora é hora deste mundo terminar. Os seres humanos acreditam que ainda haja mais 40 mil anos. Já que o próprio ciclo tem 5 mil anos, como a idade de ferro sozinha poderia ser de 40 mil anos? Há tanta escuridão da ignorância! Não há conhecimento. Devoção é chamada de ignorância. Devoção é a noite dos brahmins e o conhecimento é o dia de Brahma e dos brahmins. Isso existe agora na prática. É mostrado de um modo muito claro no quadro da escada. O mundo novo e o mundo velho são conhecidos como meio a meio. Não é que o mundo novo seja mais longo e o mundo velho mais curto; não. Eles são exatamente metade e metade. Portanto, ele pode ser dividido em quatro. Se não fosse meio e meio, ele não poderia ser dividido precisamente em quatro. A suástica também é dividida em quatro partes iguais. Eles acreditam que estejam desenhando o mapa de presságios (Ganesh). Vocês, filhos, agora entendem que este mundo velho vai ser destruído. Estamos estudando para o mundo novo. Estamos mudando de humanos comuns em Narayan para o mundo novo. Krishna também pertence ao mundo novo. Existe o louvor de Krishna. Ele é chamado de uma grande alma, pois ele é uma criança pequena. As crianças pequenas são tão adoráveis! Não há tanto amor pelos adultos quanto há pelas criancinhas, pois as criancinhas estão em seu estágio satopradhan. Não há odor de vícios com relação a elas. Quando elas crescem há o odor do vício. Vocês, filhos, nunca devem ter olhos criminosos. Esses olhos são muito traiçoeiros. É por isso que vocês recebem o exemplo de alguém que arrancou os olhos. Não é assim. Ninguém arranca os olhos daquele modo. Baba agora explica as coisas de conhecimento a vocês. Vocês agora receberam um terceiro olho de conhecimento. Vocês, almas, receberam conhecimento espiritual. Conhecimento está nas almas. O Pai diz: Eu tenho conhecimento. As almas não podem ser imunes ao efeito da ação. A alma deixa o corpo e vai para outro. As almas são imperecíveis. A alma é tão minúscula e, ainda assim, desempenha um papel de 84 nascimentos. Ninguém mais pode lhes contar essas coisas. Aquelas pessoas (sannyasis) dizem que as almas são imunes ao efeito da ação. É por isso que o Pai diz: Pelo menos, primeiro entendam o que é a alma. Alguns perguntam: Para onde irão os animais? Ó, coloquem de lado o aspecto dos animais. Pelo menos compreendam as almas: Como eu, a alma, sou? O que eu sou? O Pai diz: A menos que se entendam como uma alma, como vocês vão Me entender? Todas essas coisas sutis estão no intelecto de vocês, filhos. Cada um de vocês, almas, tem um papel de 84 nascimentos gravado internamente. Ele continua a ser desempenhado. Alguns dizem: “Se tudo está fixo no drama, por que deveríamos nos empenhar?” No entanto, vocês não podem sequer receber água a menos que se empenhem um pouco! Não pensem que receberão tudo automaticamente de acordo com o drama. Ações definitivamente têm de ser desempenhadas. Existem ações boas e más. Vocês podem usar o intelecto para entender isso. O Pai diz: Este é o reino de Ravan. Seus atos tornam-se pecaminosas aqui. Lá não há reino de Ravan, de forma que não existem atos pecaminosos. Somente Eu ensino a filosofia da ação, ação neutra e ação pecaminosa a vocês. Lá seus atos são neutros. No reino de Ravan os atos são pecaminosos. Aqueles que recitam o Gita não explicam este significado. Eles simplesmente o leem. Eles recitam os versos (slokhas) em sânscrito e depois dão seu entendimento deles em hindi. O Pai diz: Algumas palavras são precisas. Deus fala o Gita, mas ninguém sabe quem é Deus. Achcha.

Aos filhos mais doces, amados, há muito perdidos e agora encontrados: amor, lembranças e bom dia da Mãe, do Pai, BapDada. O Pai espiritual diz namaste aos filhos espirituais.

Essência para Dharna:
1. Eu, a alma, sou um senhor da propriedade ilimitada do Pai. Assim como o Pai é o Oceano de Paz, Pureza e Bem-Aventurança, eu, a alma, sou um máster oceano. Mantenham esse enlevo.

2. Não parem de se empenhar simplesmente dizendo, “Drama”! Vocês definitivamente têm de agir. Entendam a filosofia da ação, ação neutra e ação pecaminosa e constantemente façam ações elevadas.

Bênção:
Que vocês estejam constantemente imersos no amor imperecível e abnegado do Pai e tornem-se à prova de Maya.

Maya não pode atrair os filhos que permanecem constantemente imersos no amor do Pai. Assim como nem uma única gota de água pode ficar em roupas impermeáveis, aqueles que permanecem imersos neste amor também se tornam à prova de Maya. Maya não pode atacá-los de nenhuma maneira, porque o amor do Pai é imperecível e abnegado. Como aqueles que experimentaram isso podem ficar presos em amor temporário? Um é o Pai e o segundo sou eu, e nenhuma terceira pessoa pode ficar entre nós.

Slogan:
Aqueles que agem enquanto amorosos e desapegados conseguem colocar um ponto final em um segundo.