03.01.21    Avyakt Bapdada     Portuguese Murli     05.10.87     Om Shanti     Madhuban


Felicidade, contentamento e satisfação da vida brahmin


Hoje, dentre todos os Seus filhos brahmins extremamente amados há muito perdidos e agora encontrados, BapDada está olhando para os filhos que estão preenchidos com a especialidade da vida brahmin. Hoje, na amrit vela – dentre todos os filhos que são a decoração do clã brahmin – BapDada estava selecionando aquelas almas especiais que têm contentamento, aquelas que sempre se mantiveram contentes e que sempre continuaram a dar a experiência de contentamento a outros, por meio de sua visão, atitude e ações. Assim, hoje, BapDada estava alinhavando na guirlanda tais joias de contentamento que constantemente têm a experiência de estarem sendo regadas com flores douradas de contentamento de BapDada, em cada pensamento e palavra, em seus relacionamentos e contatos com aqueles na congregação e em cada ação. Eles também regam flores douradas de contentamento constantemente sobre outros. Dentre todas as almas em todas as partes, somente algumas de tais almas contentes eram visíveis. A guirlanda que foi preparada não era grande; ela era uma guirlanda pequena. Conforme olhava repetidamente para a guirlanda de joias de contentamento, BapDada estava satisfeito, porque somente tais joias de contentamento se tornam a guirlanda em volta do pescoço de BapDada. Elas reivindicam um direito ao reino e também se tornam as contas do rosário que os devotos giram.

BapDada também olhava para os outros filhos que, às vezes estão contentes e, outras vezes, ficam sob a influência da sombra do mais leve pensamento de descontentamento e, depois, se afastam dele; eles não ficam presos naquilo. O terceiro tipo de filho às vezes está descontente em pensamentos; às vezes eles ficam descontentes consigo próprios, às vezes descontentes com situações adversas, às vezes descontentes por causa de sua própria oscilação e, outras vezes, descontentes com situações grandes e pequenas. Eles ficam presos neste ciclo, livram-se dele e, depois, ficam presos novamente. Baba ainda viu essa guirlanda. Portanto, três guirlandas foram preparadas. Todos são joias, mas vocês também conseguem entender qual seria o brilho daqueles que são joias de contentamento e qual seria o brilho daqueles que são os outros dois tipos de joia. Enquanto repetidamente olhava para as três guirlandas, o Pai Brahma estava satisfeito, mas, ao mesmo tempo, tentava trazer as joias da segunda guirlanda para a primeira guirlanda. Havia uma conversa coração a coração, pois algumas contas da segunda guirlanda não conseguiram entrar na primeira guirlanda, devido a uma leve sombra de descontentamento, e elas tinham de ser transformadas e, de algum modo, trazidas para a primeira guirlanda. Enquanto mantinha diante de si as virtudes, especialidades e o serviço de cada um, ele repetidamente dizia apenas uma coisa: “Vamos trazer este para a primeira guirlanda”. Havia cerca de 25 a 30 de tais joias sobre quem o Pai Brahma estava tendo uma conversa especial coração a coração. O Pai Brahma disse: Que estas contas também sejam colocadas na primeira guirlanda. Mas, então, ele sorriu e disse que o Pai definitivamente as trará para a primeira guirlanda. Também havia tais joias especiais.

Enquanto tal conversava coração a coração prosseguia, surgiu uma coisa sobre a razão específica para o descontentamento. Já que a bênção especial da idade da confluência é o contentamento, por que as almas que conseguiram esta bênção do Doador de Bênçãos entraram na segunda guirlanda? A semente do contentamento é a de ter todas as aquisições. A semente do descontentamento é uma falta de alguma aquisição física ou sutil. Já que, em relação aos brahmins, é lembrado que nada falta em seu estoque de tesouros ou em suas vidas, por que então há descontentamento? Será que o Doador de Bênçãos criou uma diferença nas bênçãos que Ele dá ou aqueles que receberam as bênçãos criaram uma diferença no que recebem? O que houve? O estoque de tesouros do Doador de Bênçãos e do Doador está pleno. Ele está tão cheio que a sua dinastia dura 21 nascimentos, ou seja, a dinastia das almas instrumentos elevadas – que se tornaram BKs por um longo período – e também a dinastia dos devotos continuam a prosseguir com base nestas aquisições. Havendo uma aquisição tão grande, por que haveria descontentamento? Todos conseguiram os mesmos tesouros sem limites do Único, ao mesmo tempo e pelo mesmo método. No entanto, vocês não usam os tesouros que conseguiram o tempo todo, ou seja, vocês não se mantêm cientes deles. Vocês ficam felizes ao falarem sobre eles, mas não sentem essa felicidade no coração. Há felicidade intelectual, mas não no coração. Qual é o motivo? Vocês não usam os tesouros de aquisição como uma personificação dessa consciência. Vocês estão cientes deles, mas não se tornam uma personificação dessa consciência. A aquisição é ilimitada, mas, às vezes, vocês a tornam limitada e, por causa disso, seu desejo de alguma aquisição limitada os priva da experiência de contentamento constante, que é o resultado de aquisição ilimitada. Aquisição limitada coloca limites ao seu coração. É por isto que vocês sentem descontentamento. Vocês então trazem as limitações para o serviço, porque o fruto de desejos limitados é que vocês não obtêm o fruto que querem. O fruto de desejos limitados somente traz preenchimento temporário. É por isto que às vezes há contentamento e, outras vezes, descontentamento. Limitações não deixam vocês experimentarem júbilo ilimitado. Portanto, verifiquem especialmente se vocês têm contentamento mental, ou seja, contentamento pessoal e contentamento com outros.

O sinal de contentamento nas almas é que elas serão mentalmente contentes, contentes de coração, com todos, com o Pai e com o drama. Ondas de satisfação também serão visíveis em suas mentes e corpos, independentemente de qualquer situação adversa, independentemente de alguma alma se opor a elas para acertar contas cármicas ou independentemente de algum sofrimento físico de carma vir ao corpo. Por serem contentes, as almas livres de desejos limitados serão visíveis como estrelas reluzentes com o brilho de satisfação. Aqueles que são satisfeitos nunca farão perguntas em nenhuma situação. Ao estarem satisfeitos, eles não têm perguntas. O sinal daqueles que estão satisfeitos é que eles são sempre altruístas e sempre sentem que ninguém tem culpa. Eles não culpam ninguém. Eles não culpam o Doador de Fortuna por criar tal fortuna para eles; eles não culpam o drama por terem tais papéis drama; eles não culpam ninguém por sua própria natureza e sanskars serem assim; eles não culpam a natureza pela atmosfera ser assim; eles não culpam os corpos por seus corpos serem assim. Estar satisfeito significa ser constantemente altruísta e ter uma atitude e visão que não culpam ninguém. Assim, contentamento é a especialidade da idade da confluência e, o sinal de contentamento é satisfação. Esta é a aquisição especial da vida brahmin. Se não tiverem contentamento e satisfação, vocês não tomaram benefício da vida brahmin. A felicidade da vida brahmin é contentamento e satisfação. Se vocês vivem a vida brahmin, mas não experimentam a felicidade dela, será que vocês são brahmins em nome apenas ou vocês são brahmins personificações de aquisição? Portanto, BapDada está relembrando todos vocês, filhos, brahmins: Vocês se tornaram brahmins e isso é grande fortuna. Contudo, a herança e propriedade da vida brahmin são contentamento e a personalidade da vida brahmin é satisfação. Nunca se privem desta experiência. Vocês têm um direito a ela. Já que o Doador e o Doador de Bênçãos lhes dão os tesouros de aquisição com um coração aberto, já que Ele já lhes deu essas coisas, vocês têm de experimentar sua propriedade e sua personalidade completamente. E também façam com que outros as experimentem. Vocês entendem? Cada um de vocês pode se perguntar: “Eu estou na guirlanda de que número?”. Todos vocês estão em uma guirlanda, mas na guirlanda de que número vocês estão? Achcha.

Hoje é a vez dos grupos do Rajastão e de UP: Rajastão significa aqueles com os sanskars de um reino (de governar), aqueles que colocam os sanskars de governar em cada pensamento e forma, na prática, ou seja, aqueles que os revelam. É isto que é ser um residente do Rajastão. Vocês são assim, não são? Vocês não se tornam súditos às vezes, certo? Caso se influenciassem, vocês seriam chamados de súditos; mas sendo másters, vocês são o rei. Que vocês não sejam rei às vezes e, outras vezes, súdito; não. Estejam sempre cientes dos sanskars de governar, naturalmente. Tais filhos que são residentes do Rajastão têm uma importância especial. Todos sempre respeitam um rei com uma visão elevada, e eles sempre dariam uma posição elevada ao rei. Um rei sempre se sentaria em um trono, e os súditos se sentariam abaixo dele. Portanto, as almas do Rajastão, com os sanskars de governar, são aquelas que sempre ficam na alta posição de um estágio elevado. Será que vocês se tornaram assim ou estão se tornando assim? Vocês se tornaram assim e, definitivamente, têm de se tornar completos. O louvor do Rajastão não é menor. A sede principal deste estabelecimento está no Rajastão. Portanto, vocês são elevados, não são? Vocês são elevados em nome e elevados em sua tarefa. Os filhos de tal terra de reis (Rajastão) vieram ao seu próprio lar. Vocês entendem?

A terra de UP (Uthar Pradesh) é especialmente lembrada como uma terra pura. O Rio Ganges, que purifica todos, também está ali, e em termos de devoção, a terra de Krishna também está em UP. Há muito louvor para aquela terra. Se alguém quiser ver as atividades divinas de Krishna ou de seu local de nascimento, essa pessoa vai a UP. Portanto, a especialidade daqueles de UP é a de serem constantemente puros e de tornarem outros puros. Assim como o louvor do Pai é que Ele é o Purificador, o louvor daqueles de UP é o mesmo do Pai. Vocês são almas purificadoras. A estrela de fortuna está reluzindo. Há louvor de tal lugar e estágio afortunados. “Sempre puro” é o louvor de seu estágio. Vocês se consideram afortunados deste modo? Vocês estão sempre felizes. Ao verem sua fortuna, permaneçam sempre alegres. Permaneçam alegres e continuem a tornar outros alegres, pois um rosto alegre é um rosto que atrai, automaticamente. Dá-se o mesmo com um rio físico que atrai as pessoas para si. Peregrinos são atraídos a irem para lá. Não importa quantas dificuldades tenham de enfrentar, eles ainda são puxados pela atração de se tornarem puros. O memorial da tarefa de tornar outros puros está em UP. Similarmente, tornem-se também alegres e uma imagem que atrai. Vocês entendem?

O terceiro grupo é o dos duplos estrangeiros. Duplos estrangeiros significa aqueles que atraem o Pai que é sempre o Estrangeiro, pois vocês são iguais. O Pai é de uma terra estrangeira, e vocês também são de terras estrangeiras. Há amor pelos iguais. Amigos são ainda mais amados do que pais. Assim, os duplos estrangeiros são como o Pai: sempre além dos corpos e da atração dos corpos. Vocês são estrangeiros, sem corpo e avyakt. O Pai está satisfeito em ver os filhos que são iguais a Ele, aqueles que são sem corpo e têm o estágio avyakt. Vocês estão correndo bem. Vocês estão correndo bem no serviço, em usarem vários facilidades e vários métodos para seguirem adiante. Vocês adotam os métodos e também progridem. É por isto que BapDada está dando muitos parabéns pelo serviço a todos os filhos duplos estrangeiros, de toda parte, e também relembrando todos vocês de estarem cientes do autoprogresso. Continuem a voar sempre com o estágio voador de seu autoprogresso. Vocês sempre têm um direito a receberem bênçãos do Pai ao terem um equilíbrio de seu autoprogresso e progresso no serviço, e vocês sempre terão este direito. Achcha.

O quarto grupo que resta é o dos residentes de Madhuban. Eles estão sempre aqui. Aqueles que estão no coração estão no lar. Aqueles que estão no lar estão no coração. Madhuban é onde se prepara o máximo de Brahma Bhojan, do modo certo, com disciplina. Aqueles de Madhuban são os mais amados há muito perdidos e agora encontrados. Todos os eventos acontecem em Madhuban. São aqueles de Madhuban que ouvem mais murlis diretamente. Os residentes de Madhuban são aqueles que sempre têm direito à fortuna elevada. Vocês servem com o coração. É por isto que os residentes de Madhuban continuam a receber bênçãos do coração de BapDada e de todos os brahmins. Achcha.

A todas as joias especiais de contentamento de BapDada que vieram de toda parte: amor especial e lembranças de BapDada. E, juntamente com isso, às poucas almas afortunadas, dentre multimilhões, e ao punhado de almas dessas poucas almas há muito perdidas e agora encontradas que alcançaram a vida brahmin, às almas que preenchem os pensamentos puros de BapDada, às almas que alcançam o direito completo à propriedade da vida brahmin da idade da confluência, por favor, aceitem muitíssimo amor e lembranças de BapDada, o Doador de Fortuna e o Doador de Bênçãos.

Dadi Janki e Dadi Chandramani despedindo-se de BapDada para saírem a serviço:
Será que vocês estão indo ou estão imergindo Baba em si próprias? Quer vocês estejam indo ou voltando, vocês estão sempre imersas. BapDada nunca vê os filhos especiais como separados. Seja na forma física ou sutil, vocês estão sempre com Baba, pois apenas os filhos mahavirs cumprem a promessa de estarem com o Pai a cada momento e de voltarem com Ele. Bem poucos cumprem esta promessa. É por isto que, aonde quer que vão, tais filhos mahavirs especialmente amados, levam consigo o Pai e o Pai sempre os mantêm Consigo na região sutil. Ele oferece Sua companhia a cada passo. Portanto, o que vocês diriam? Vocês estão indo ou voltando? É por isto que Baba perguntou se vocês estão indo ou se estão imergindo Baba em vocês. Ao ficarem sempre combinadas desse modo, vocês se tornarão iguais e imersas. Vocês descansarão no lar por um curto período e ficarão com o Pai e, depois, regerão o reino, enquanto o Pai assiste lá de cima, mas vocês experimentam o companheirismo da companhia Dele por pouco tempo. Achcha.

(Baba, hoje Você criou uma guirlanda maravilhosa). Vocês, pessoas, também criam uma guirlanda, não é mesmo? A guirlanda ainda está pequena; uma grande será criada. Aqueles que agora ficaram um pouquinho inconscientes, muito em breve, serão trazidos de volta à consciência, pela natureza ou pelo tempo. Assim, a guirlanda ficará grande. Achcha. Para onde quer que vocês vão, vocês já receberam bênçãos do Pai. Todos continuarão a receber bênçãos do Pai por meio de cada passo de vocês. Quando vocês olharem para eles, eles receberão as bênçãos do Pai pelo seu drishti. Quando vocês falarem, eles receberão bênçãos de suas palavras e também receberão bênçãos pelas ações de vocês. Vocês regarão bênçãos sobre eles, à medida que andarem e se movimentarem. Todas as almas, que estão chegando agora, precisam de bênçãos e de uma grande doação. A sua ida significa que eles recebam as bênçãos do Pai com um coração aberto. Achcha.

Bênção:
Que vocês sejam um anjo cujo pé do intelecto permanece além de qualquer atração dos cinco elementos.

Os anjos são sempre mostrados com um corpo de luz. Aqueles que têm um corpo de luz ficam além da consciência de seu corpo. O pé de seu intelecto permanece além de qualquer atração dos cinco elementos, ou seja, eles permanecem além. Maya ou qualquer coisa relacionada à Maya não pode tocar esses anjos. No entanto, isso só é possível quando vocês nunca dependerem de ninguém. Prossigam com um direito sobre seu corpo e também tenham um direito sobre Maya. Não tenham nenhum tipo de dependência em seus relacionamentos lokik ou alokik.

Slogan:
Se vocês tiverem o hábito de olhar para os corpos, olhem para o corpo de luz e permaneçam estáveis na forma de luz.