10.11.19    Avyakt Bapdada     Portuguese Murli     06.03.85     Om Shanti     Madhuban


A idade da confluência é uma idade defestividade,
e a vida brahmin é uma vida de entusiasmo


Hoje, o Pai mais sagrado e mais elevado veio para celebrar Holi com Seus cisnes sagrados e felizes. O Pai Trimurti veio para lhes contar o significado divino dos três tipos de Holi Holi – festival indiano sobre o qual Baba explica na murli. Baba faz a conexão entre o festival Holi e a palavra em inglês “holy” que significa sagrado, santo, puro.. A idade da confluência, de qualquer forma, é a idade santa (holy). A idade da confluência é a idade de festividade. Todos os dias, todo momento de vocês, almas elevadas, é um festival preenchido de entusiasmo. As pessoas sem conhecimento celebram festivais para trazer entusiasmo em si mesmas. No entanto, para vocês, almas elevadas, esta vida brahmin é uma vida de entusiasmo. É uma vida preenchida de ânimo e felicidade. É por isto que a própria idade da confluência é a idade de festividade. Uma vida Divina é uma vida sempre preenchida de ânimo e entusiasmo. Vocês passam sua vida elevada constantemente dançando felizes, bebendo o néctar nutritivo de conhecimento, cantando músicas de felicidade e amor no coração. As almas sem conhecimento celebram por um dia e experimentam entusiasmo temporário e, então, elas se tornam como eram antes. Vocês se tornam sagrados (holy) enquanto celebrando os festivais e também tornam outros sagrados. Aquelas pessoas simplesmente celebram, enquanto vocês celebram à medida que se tornam. As pessoas celebram três tipos de Holi. Um é o Holi da queima. O segundo é o Holi de colorir outros. O terceiro é o Holi de celebrar um encontro auspicioso. Essas três celebrações de Holi têm significados espirituais, mas aquelas pessoas continuam a celebrá-las de um modo literal e físico. Nesta idade da confluência, quando vocês, grandes almas, pertencem ao Pai, ou seja, quando vocês se tornam sagrados, o que vocês fazem primeiro? Primeiro de tudo, vocês queimam seus velhos sanskars e natureza no fogo do yoga. Somente depois disso, vocês conseguem ser coloridos com a cor da companhia do Pai ao terem lembrança. Primeiro, vocês também celebram o Holi da queima e, assim, ficam coloridos pela cor da companhia de Deus, ou seja, vocês se tornam iguais ao Pai. O Pai é o Oceano de Conhecimento e, portanto, vocês filhos também se tornam personificações de conhecimento ao serem coloridos pela companhia Dele. As virtudes do Pai tornam-se as virtudes de vocês e os poderes do Pai tornam-se os seus tesouros; eles se tornam sua propriedade. A cor da Companhia torna-se tão duradoura que ela dura por nascimento após nascimento. E ao estarem coloridos pela Companhia, ao terem celebrado este Holi de cor espiritual, o encontro elevado das almas com a Alma suprema, do Pai e dos filhos, constantemente continua a acontecer. Mais tarde, as pessoas sem conhecimento começam a celebrar o memorial deste Holi espiritual de vocês. Elas celebram os diferentes memoriais da vida prática plena de felicidade de vocês e ficam felizes temporariamente. Elas se lembram das especialidades que vocês conseguiram a cada passo de sua vida elevada e continuam a celebrar com prazer por algum tempo. Vocês ficam satisfeitos ao verem e ouvirem sobre este memorial, não ficam? De como esse é um memorial de suas especialidades? Vocês queimaram Maya e eles fizeram uma Holika e queimaram aquilo. Eles inventaram tais histórias divertidas que, ao ouvirem-nas, vocês ficam surpresos de como eles entenderam os eventos de sua vida. Eles celebram o festival de Holi como um memorial das aquisições diferentes de vocês. Vocês agora permanecem constantemente felizes. Eles celebram Holi com muita felicidade, como um memorial da aquisição de felicidade de vocês. Eles se esquecem de toda tristeza naquela hora, enquanto vocês se esqueceram da tristeza para sempre. Eles celebram o memorial da aquisição de felicidade que vocês tiveram.

Também, na hora de celebrar, jovens e velhos, todos ficam muito leves e celebram Holi de um modo alegre. Nesse dia, o estado de espírito de todos também permanece muito leve. Este é, então, o memorial de vocês se tornarem leves e luminosos. Ao serem coloridos pela cor da companhia de Deus, vocês se tornam leves e luminosos, não é mesmo? Então, existe um memorial desta especialidade. Juntamente com isso, jovens e velhos, não importa qual relacionamento eles tenham, todos têm o sentimento de serem iguais. Mesmo que seja um netinho, ele vai colorir seu avô. Eles esquecem toda a consciência de idade e relacionamentos. Eles têm o sentimento de igualdade. Este também é o memorial de vocês serem especialmente iguais, ou seja, do estágio de irmandade, não o drishti de nenhum outro relacionamento; é um memorial de seu estágio igual de irmandade. Também, neste dia, eles enchem pistolas de água com várias cores e colorem uns aos outros. Este também é um memorial do serviço de vocês nesta época. O quanto vocês colorem as almas com o spray de seu drishti e as tornam personificações de amor, personificações de bem-aventurança, felicidade, paz e poderes? Vocês as colorem de tal modo que a cor torna-se permanente. Ela não pode ser removida. Vocês não têm de fazer nenhum esforço. Em vez disso, cada uma das almas quer ser constantemente colorida com essa cor. Todos vocês têm um borrifador de drishti espiritual de cores espirituais, não têm? Vocês brincam o Holi, não brincam? Este Holi espiritual é um memorial das vidas de todos vocês. Vocês celebraram tal encontro auspicioso com BapDada que vocês se tornam iguais ao Pai, ao terem um encontro com Ele. Vocês celebraram tal encontro auspicioso que ficaram combinados. Ninguém pode separar vocês.

Este dia também é o dia de esquecer todas as coisas do passado. Vocês esquecem os 63 nascimentos passados, não é mesmo? Vocês colocam um ponto final ao passado. É por isso que o significado de Holi também é conhecido como: “Passado é passado!” Não importa quão forte possa ser a inimizade entre alguns, ela é esquecida e, então, ele é considerado o dia de celebrar um encontro. Vocês também esqueceram o inimigo da alma – os sanskars demoníacos e natureza demoníaca – e celebraram um encontro com Deus, não é mesmo? Os sanskars velhos não podem entrar em sua percepção mesmo em pensamentos. Isto também é celebrar o memorial de sua especialidade de esquecer. Então, vocês ouviram quantas especialidades vocês têm? Eles fizeram memoriais separados de cada virtude de vocês, de cada especialidade e ato seus. Então, quão grandiosas seriam as almas cujos atos se tornam um memorial e cuja lembrança torna outros felizes? Vocês entendem quem são vocês? Vocês são sagrados de qualquer modo, mas vocês também são tão especiais.

Mesmo que vocês, duplos estrangeiros, possam não saber sobre os memoriais de sua grandeza, as pessoas do mundo estão se lembrando da importância de sua lembrança e celebrando aquilo. Vocês entendem o que é Holi? Todos vocês são coloridos pela Companhia de qualquer modo. Vocês são coloridos com a cor do amor em tal extensão que são incapazes de ver qualquer coisa, exceto o Pai. Vocês continuam a comer, beber, caminhar, cantar e dançar enquanto imersos no amor. Vocês são coloridos com uma cor firme, não são? Ou a cor é fraca? Com que cor vocês estão coloridos: firme ou não firme? Será que vocês tornaram passado o passado? Coisas do passado não deveriam ser lembradas nem por engano. Vocês dizem: “O que posso fazer, eu simplesmente me lembrei? Isso vem por engano”. Um novo nascimento, coisas novas, sanskars novos, um mundo novo. Mesmo este mundo dos brahmins é um mundo novo. A linguagem dos brahmins também é nova, não é? A linguagem da alma é nova, não é? O que eles dizem e o que vocês dizem? Todas as coisas sobre Deus também são novas. Então, a linguagem é nova, os sistemas e costumes são novos, conexões e relacionamentos são novos, tudo se tornou novo. Tudo o que é velho terminou. O novo começou. Vocês cantam músicas novas, não as velhas. “O quê? Por quê?” são músicas velhas. “Aha! Wah! Oho!”, essas são músicas novas. Então, quais músicas vocês cantam? Vocês não cantam músicas de angústia, cantam? Existem muitos no mundo para chorar de angústia, não vocês. Vocês celebraram o Holi eterno, ou seja, vocês deixaram o passado ser passado e tornaram-se completamente puros. Vocês são coloridos com a cor da companhia do Pai. Então, vocês celebraram Holi, não é mesmo?

O Pai e vocês estão sempre juntos e vocês permanecerão constantemente juntos na idade da confluência. Vocês não podem ficar separados. Vocês têm tal ânimo e entusiasmo no coração, não têm? De que só existe vocês e Baba? Ou será que existe uma terceira pessoa por detrás das cortinas? Não é que às vezes um rato surja ou às vezes surja um gato, é? Tudo o mais terminou, não é mesmo? Agora que encontraram o Pai, vocês encontraram tudo; não resta nada mais. Não resta nenhum outro relacionamento, não restam quaisquer outros tesouros, poderes, virtudes, conhecimento ou aquisição. Então, do que mais vocês precisam? Isto é chamado celebrar Holi. Vocês entendem?

Vocês, pessoas, permanecem em tal prazer. Vocês são imperadores despreocupados, imperadores sem uma única concha, imperadores da terra livre de tristeza. Ninguém mais pode permanecer em tal prazer. Seja ela a pessoa mais rica do mundo, a pessoa mais famosa do mundo, um grande erudito, alguém que tenha estudado os Vedas, um devoto intenso, um importante cientista ou alguém de qualquer ocupação, essa pessoa não pode ter uma vida de tal prazer na qual não existe labuta. Não há nada exceto amor. Não há preocupação. Vocês têm pensamentos puros e positivos e têm bons votos. Deem uma volta pelo ciclo todo e vejam se vocês podem encontrar alguém mais com uma vida de tal prazer. Se vocês a encontrarem, tragam-na aqui! É por isto que vocês cantam a música: Em Madhuban, no mundo do Pai, não há nada, exceto prazer. Quando vocês comem, existe prazer, quando vocês dormem, existe prazer. Não há necessidade de ir dormir com soníferos. Vão dormir com o Pai e vocês não precisarão tomar um remédio. É quando vocês dormem sozinhos que vocês dizem que há pressão alta ou dor. É aí que vocês têm de tomar um remédio. Deixem Baba ficar com vocês. Simplesmente digam: “Baba, agora eu vou dormir com Você”. Este é o remédio. Chegará tal época, como no início, quando os remédios não estarão disponíveis. Vocês se lembram, não é mesmo? No início, não havia remédio por muito tempo. Sim, vocês comiam um pouco da nata da superfície do leite ou manteiga. Vocês nunca tomavam remédio. Então, vocês praticaram isso no início, não é mesmo? Seus corpos estavam velhos. No final, esses dias do início se repetirão. Todos também continuarão a ter visões singulares. Muitos têm o desejo: “Deixe-me ter uma visão só uma vez!” Aqueles que permanecerem fortes até o final terão visões. Haverá o mesmo bhatti de uma congregação. O serviço terá terminado. Agora, por causa do serviço, vocês se dispersaram aqui e ali. Naquela hora, todos os rios imergirão no Oceano. No entanto, essa época será delicada. Mesmo que vocês tenham todas as facilidades, elas não funcionarão. É por isso que a linha do intelecto tem de ser tão clara que ele possa ser tocado sobre o quê vocês precisam fazer naquela hora. Se vocês se atrasarem por um único segundo, vocês estarão perdidos. Qual seria o resultado se aquelas pessoas se atrasassem um segundo para apertar o botão? Do mesmo modo, aqui também, se vocês se atrasassem na questão de receberem um toque, nem que fosse por um segundo, seria difícil que vocês chegassem aqui. Aquelas pessoas também ficam sentadas lá prestando tanta atenção. Similarmente aqui, este é o toque do intelecto. No início, muitas pessoas enquanto sentadas em casa, ouviram o som que as chamava: “Vamos, vá para lá!’ “Agora, venha aqui!” Elas instantaneamente saíram e vieram. Do mesmo modo, no final também, o som do Pai chegará até vocês. Assim como todos os filhos foram chamados de um modo corpóreo, ele também invocará todos os filhos na forma sutil: “Venham, venham!” Só isso! Venham e vão com Ele. É por isso que seu intelecto precisa estar sempre claro. Se sua atenção for atraída a algum outro lugar, vocês perderão o chamado do Pai e a invocação Dele por vocês. Tudo isso tem de acontecer.

Vocês, professores, pensam que chegarão aqui de qualquer modo. Também é possível que o Pai lhes dê orientações, onde vocês estiverem, de que pode haver uma tarefa especial lá. Pode ser que vocês tenham de dar poder a outros. Pode ser que vocês tenham de levar alguém consigo. Isto também pode acontecer, mas tem de ser de acordo com as direções do Pai, não por seus próprios ditames, nem por seu apego. Não que vocês se lembrassem: “Ó, meu centro! Eu deveria levar determinado aluno comigo. Essa pessoa é especial, ele é um ajudante!” Não deveria ser assim também. Se vocês esperarem por alguém, vocês serão deixados para trás. Vocês estão prontos em tal extensão, não estão? Isto é chamado estar sempre pronto. Tudo deveria estar sempre empacotado. Vocês não deveriam ter de pensar em empacotar naquela hora. Eu deveria fazer isso, eu deveria fazer aquilo. Vocês se lembram de como, nos dias sakar, as bagagens dos filhos serviçais estavam sempre prontas. Eles poderiam receber uma orientação cinco minutos antes de o trem chegar: “Vocês têm de ir agora”. Então, as bagagens deles permaneciam prontas. O trem que eles tinham de pegar teria chegado na estação anterior e, então, eles estariam indo para a estação. Vocês tiveram esta experiência, não tiveram? Aqui também, as bagagens do estágio de sua mente precisam estar prontas. O Pai os chama e os filhos ficam presentes. Isto é chamado estar sempre pronto. Achcha.

Para os que estão sempre coloridos com a cor da Companhia, para os que deixam o passado ser passado e tornam o seu presente e futuro elevados, para os que constantemente celebram um encontro com Deus, para os que fazem cada ato enquanto permanecendo na lembrança, ou seja, para os que tornam cada ato um memorial, para os que constantemente cantam e dançam felizes e celebram com prazer na idade da confluência, para os filhos que são iguais ao Pai e que captam cada pensamento que Ele tem, para os que sempre mantêm o intelecto elevado e claro, para tais cisnes sagrados e felizes: o amor lembranças e namaste de BapDada.

Respondendo às cartas de todos os filhos, BapDada os congratulou por Holi:
BapDada recebeu todas as cartas e mensagens de todos os filhos desta terra e do exterior preenchidas de amor, ânimo e entusiasmo e, em alguns casos, as promessas para seus esforços. BapDada está lembrando todos vocês, cisnes sagrados, do slogan especial “Assim como o Pai, sou eu”, que está em sua percepção, na forma de uma bênção. Antes de qualquer ato ou antes de qualquer pensamento, primeiro de tudo verifiquem: “Este pensamento é o pensamento do Pai? Sejam quais forem os atos do Pai são meus atos?”. Verifiquem em um segundo e depois coloquem na prática. Assim, vocês se tornarão uma alma constantemente poderosa igual ao Pai e experimentarão sucesso. Sucesso é seu direito nato. Vocês experimentarão tal aquisição fácil. “Eu mesmo sou uma estrela de sucesso e, então, sucesso não pode ficar separado de mim”. Deixem que contas da guirlanda de sucesso estejam sempre alinhavadas em volta de seu pescoço, ou seja, continuem a experimentar sucesso em cada ato. Hoje, nesta congregação de Holi, BapDada está vendo pessoalmente todos vocês, cisnes sagrados, e celebrando Holi com vocês. Ele está vendo todos, com amor, e sentindo a variedade de fragrâncias das especialidades de todos. A fragrância da especialidade de cada um é tão doce. Enquanto vendo cada alma especial com sua própria especialidade, o Pai canta esta música: “Wah, Meu filho yogi fácil! Wah, Meu filho multimilhões de vezes afortunado!” Então, todos vocês aceitem amor e lembranças pessoalmente de acordo com sua especialidade e nome, e sempre permaneçam sob o toldo de proteção de BapDada e não tenham medo de Maya. É uma coisa pequena, ela não é nada grande. Não tornem grande uma coisa pequena. Tornem pequeno algo grande. Se vocês permanecerem lá em cima, uma coisa grande ficará muito pequena. Se vocês permanecerem lá embaixo, mesmo coisas pequenas parecerão grandes. É por isto que vocês têm a companhia de BapDada e a mão Dele. Portanto, não tenham medo. Continuem a voar. Com o estágio voador, vão além de tudo em um segundo. A companhia do Pai mantém vocês seguros e continuará a mantê-los a salvo. Achcha. BapDada está dando saudações a todos vocês por Holi ao chamar cada um de vocês, de um filho especialmente amado há muito perdido e agora encontrado. Achcha. (Então todos os filhos celebraram Holi com BapDada e também fizeram um piquenique).

Bênção:
Que vocês se tornem iguais ao Pai e tornem-se poderosos ao terem a consciência do Pai mais elevado, do eu mais elevado e da tarefa mais elevada.

No mundo de hoje, o filho de um VIP também se consideraria um VIP. No entanto, ninguém é mais elevado que o Pai. “Nós somos as almas mais elevadas, filhos do Pai Mais Elevado nas Alturas”. Esta percepção os tornará poderosos. Aqueles que têm a percepção do Pai mais elevado, do eu mais elevado e da tarefa mais elevada tornam-se iguais ao Pai. Fora vocês, almas, não há ninguém no mundo inteiro que seja mais elevado e mais alto, e é por isso que vocês são louvados e adorados.

Slogan:
Verifiquem seus apegos sutis no espelho da perfeição e libertem-se.