11.01.23       Morning Portuguese  Murli        Om Shanti      BapDada        Madhuban


Essência:
Doces filhos, continuem a conectar seu intelecto em yoga ao Pai e vocês concluirão sua longa jornada com facilidade.

Pergunta:
Que coisa principal vocês têm de renunciar para se sacrificarem ao Pai?

Resposta:
A consciência de corpo. Assim que vocês se tornam conscientes do corpo vocês morrem e tornam-se adulterados. É por isto que o coração de alguns filhos se encolhe quando pensam em se render a Baba. Já que vocês se sacrificaram, deveria haver somente a lembrança Dele. Vocês têm de se sacrificar a Ele e seguir apenas o Seu shrimat.

Música:
Ó, viajante da noite, não fique cansado! O destino da aurora não está distante.

Om shanti.
Deus fala. Deus está ensinando raja yoga e o conhecimento aos Seus filhos. Ele não é um ser humano. Está escrito no Gita que Deus Shri Krishna fala. Mas, não é possível que Shri Krishna liberte o mundo inteiro de Maya. Somente o Pai pode vir e explicar aos filhos. Aqueles que fizeram com que o Pai pertencesse a eles estão sentados face a face com o Pai. Krishna não pode ser chamado de Pai. O Pai é chamado de Alma suprema, Aquele que reside na morada suprema (Paramdham). A alma lembra-se de Deus por meio deste corpo. O Pai senta-Se aqui e explica: Eu sou seu Pai, Aquele que reside na morada suprema. Eu sou o Pai de todas as almas. Eu vim há um ciclo e ensinei vocês, filhos, a conectarem o yoga de seu intelecto a Mim, seu Pai supremo. Ele fala às almas. Até que a alma entre no corpo, ela não pode ver com os olhos nem ouvir com os ouvidos. Um corpo sem alma não é vivo; a alma é um ser vivo. Quando existe um bebê em um ventre, ele é incapaz de se mover até que a alma entre nele. Então, o Pai fala com essas almas vivas. Ele diz: Eu tomei este corpo emprestado. Eu venho e levo todas as almas de volta. Eu ensino raja yoga àquelas almas que estão diante de Mim. O mundo inteiro não vai estudar raja yoga. Somente aqueles do ciclo anterior estão estudando raja yoga. Baba agora explica: Continuem a conectar seu intelecto em yoga ao Pai até o final; não parem com isto. Antes de se casarem, marido e esposa não conhecem um ao outro. Contudo, depois do casamento, alguns vivem juntos por sessenta a setenta anos e lembram-se apenas do corpo um do outro, durante a vida toda. A esposa diria: “Este é meu marido”, e o marido diria: “Esta é minha esposa”. Vocês agora são noivos do Incorpóreo. É o Pai incorpóreo quem vem e faz este noivado. Ele diz: Eu fiquei noivo de vocês, filhos, exatamente como no ciclo anterior. Eu, o incorpóreo, sou a Semente da árvore do mundo humano. Todos dizem que Deus Pai criou este mundo humano. O Pai de vocês sempre reside em Paramdham. Ele agora diz: Lembrem-se de Mim. Em razão de a jornada ser longa, muitos filhos ficam cansados e são incapazes de manter seus intelectos completamente ocupados no yoga. Eles ficam cansados, porque Maya faz com que eles tropecem por aí. Alguns até largam a mão de Baba e morrem. A mesma coisa aconteceu no ciclo anterior. Aqui, pelo tempo em que viverem, vocês devem continuar a ficar na lembrança. Quando um homem morre, a viúva fica se lembrando dele. Este Pai/Marido não deixará vocês desta forma. Ele diz: Eu vou levar vocês, noivas, de volta Comigo. Contudo, isto leva tempo, portanto, não fiquem cansados. Há uma imensa carga de pecados sobre sua cabeça e ela somente será removida com o yoga. O seu yoga deveria ser tal que, no final, vocês não se lembrem de ninguém, exceto do Pai, o Noivo. Ao se lembram de alguém mais, vocês se tornam adulterados e têm de experimentar punição por esse pecado. Este Pai diz: Ó, viajantes para a morada suprema, não fiquem cansados! Vocês entendem que Eu estou estabelecendo a religião original e eterna das divindades, por meio de Brahma, e que Eu inspiro a destruição de todas as religiões, por meio de Shankar. Agora, eles continuam a fazer conferências para todas as religiões se unirem; eles tentam encontrar meios para se tornarem unidos e viverem juntos em paz. É impossível para todas aquelas inúmeras religiões terem uma direção. Com uma direção, uma religião é estabelecida. Se todas as religiões se tornassem plenas de todas as virtudes divinas e completamente sem vícios, eles poderiam viver juntos como leite e mel. Todos, no reino de Rama, são como leite e mel. Mesmo os animais não brigam. Aqui, há discussão em cada lar. Eles brigam quando não pertencem ao Senhor e Mestre. Eles não conhecem a própria Mãe e Pai. Eles até cantam: Você é a Mãe e o Pai e nós somos Seus filhos. Com Sua misericórdia recebemos os tesouros de felicidade. Devido a não haver tesouros de felicidade neste momento, eles dizem: Nós não recebemos misericórdia da Mãe e Pai. Eles não conhecem o Pai, portanto, como o Pai poderia ter misericórdia deles? Somente quando eles seguem as orientações do Professor pode haver misericórdia. Eles dizem que Deus é onipresente. Nesse caso, quem teria misericórdia e quem receberia misericórdia? Ambos são necessários – Aquele que tem misericórdia e aqueles que precisam de misericórdia. Os estudantes primeiro têm de vir e estudar com o Professor. Primeiro é necessário haver esta misericórdia de si mesmo. Então, essa pessoa tem de seguir as orientações do Professor. Alguém é necessário para inspirar vocês a se empenharem. Aquele é o Pai, o Professor e também o Satguru. Ele é chamado de Pai supremo, o Professor supremo e o Satguru supremo. O Pai diz: A cada ciclo, Eu promovo esta tarefa de estabelecimento e purifico o mundo impuro. Baba é a Autoridade Todo-Poderosa do Mundo, portanto, o reino da Autoridade do Mundo seria governado constantemente. Há o único reino de Lakshmi e Narayan sobre o mundo inteiro. Eles também têm autoridade todo-poderosa. Lá ninguém briga nem discute: Maya não existe lá; é a idade de ouro e a idade de prata. Ambas as idades de ouro e prata são chamadas de céu, paraíso. Todos cantam: Lembrem-se de Radhe e Krishna e vão a Vrindavan, o paraíso. Porém, nenhum deles vai; eles simplesmente lembram-se deles. Agora é o reino de Maya e todos estão seguindo os ditames de Ravan. As pessoas importantes parecem muito boas e elas recebem grandes títulos. Ao mostrarem um pouquinho de coragem física, ou desempenharem uma boa ação, eles recebem um título. Alguns recebem o título de Doutor em Filosofia. Eles continuam a dar títulos de uma coisa ou outra. Vocês agora são brahmins. Vocês definitivamente estão servindo Bharat. Vocês estão estabelecendo o reino divino. Vocês recebem seus títulos após a conclusão do estabelecimento; títulos tais como: rei ou rainha da dinastia do sol, rei ou rainha da dinastia da lua. Então, o seu reino começa. Lá, ninguém recebe um título. Não há nada lá que cause tristeza, portanto, ninguém teria de remover tristeza ou mostrar coragem para receber um título. Os sistemas que existem aqui não podem existir lá, tampouco Lakshmi e Narayan entram no mundo impuro. Nesta época, não há divindades puras. Este é um mundo demoníaco, impuro. As pessoas estão confusas com muitas direções e opiniões diferentes. Aqui, há apenas uma direção elevada por meio da qual o único reino está sendo estabelecido. Contudo, enquanto avançando, alguns foram picados pelos espinhos de Maya e aquelas almas ficaram mancas. É por isto que o Pai diz: Constantemente, sigam shrimat. Ao seguirem os ditames de sua própria mente vocês são enganados. Ao seguirem as direções do Pai verdadeiro vocês ganham uma renda verdadeira. Ao seguirem suas próprias direções, seu barco afunda. Por não seguirem o shrimat, muitos mahavirs se degradaram. Agora, vocês, filhos, têm de obter salvação. Aqueles que não seguirem shrimat e se tornarem degradados terão de se arrepender muito. Então, Shiv Baba se sentará neste corpo no papel de Dharmaraj e dirá: Eu expliquei tanto a vocês por meio deste corpo de Brahma. Eu ensinei vocês e me empenhei tanto com vocês. Alguns até escreveram cartas sobre a própria fé e disseram: “Eu vou seguir shrimat”, mas eles não seguiram. Vocês nunca devem parar de seguir shrimat, não importa o que aconteça. Ao contarem ao Pai sobre algo, vocês serão acautelados. É somente quando vocês se esquecem do Pai que os espinhos picam vocês. Vocês, filhos, então se afastam quilômetros do Pai que concede salvação. Eles cantam: Eu me sacrificarei. Eu me renderei. Contudo, a quem eles fariam isto? Não está escrito: Eu me rendo a um sannyasi. Ou: Eu me rendo a Brahma, Vishnu ou Shankar. Ou: Eu me rendo a Shri Krishna. Vocês se rendem ao Pai supremo, a Alma suprema, e não a um ser humano. Vocês recebem sua herança do Pai. O Pai também Se rende a vocês, filhos. Esse Pai ilimitado diz: Eu vim aqui para Me render a vocês. Contudo, o coração de alguns filhos encolhe com o pensamento de render-se ao Pai. Ao entrarem na consciência do corpo, vocês morrem e se tornam adulterados. Deveria haver a lembrança Daquele. Rendam-se a Ele. A peça está terminando. Nós agora temos de retornar ao lar. Todos os seus amigos, parentes etc. serão enterrados no cemitério, portanto, para que se lembrar deles? Isto requer muita prática. Dizem: Se uma alma sobe, ela prova o néctar, mas quando uma alma cai muito, ela perde seu status. Isto não significa que ela não irá ao paraíso. No entanto, há uma diferença entre ser um rei ou rainha e ser um súdito. Olhem para os nativos aqui e para um ministro; há uma diferença. Portanto, empenhem-se completamente. Se alguém cai, essa pessoa torna-se completamente impura. Se uma alma não é capaz de seguir shrimat, Maya pega essa alma pelo nariz e a joga na sarjeta. Opor-se a Baba após pertencer a Ele significa tornar-se um traidor. É por isto que Baba diz: Sejam cautelosos em cada passo. O tempo de Maya agora está terminando, assim, ela faz muitos de vocês caírem. Portanto, filhos, permaneçam muito atentos. A estrada é um pouco longa, mas o status é muito grandioso. Se vocês se tornam um traidor, há punição severa. Quando Dharamraj Baba pune as almas, elas gritam de angústia. Aquilo então se torna fixo a cada ciclo. Maya é muito poderosa. Se há mesmo que um pouco de desrespeito pelo Pai, vocês morrem. Dizem que alguém que difama o Satguru não pode alcançar o destino. Alguns desempenham ações erradas sob a influência de luxúria ou raiva e causam difamação do Pai, portanto, eles experimentam punição. Já que há uma renda de multimilhões a cada passo, também há uma perda de multimilhões. Se sua conta aumenta fazendo serviço, então, ao cometerem ações pecaminosas, erradas, ela sofre perda. Baba tem todas as contas. Agora que Baba está ensinando vocês pessoalmente, é como se todas as contas estivessem na palma da mão Dele. O Pai diz que Ele não quer que nenhum filho desrespeite Shiv Baba, pois muito pecado é criado com isso. Vocês têm de dar seus ossos em servir a yagya. Há o exemplo de Dadichi Rishi. Aquilo também cria um status. De outro modo, há muitos níveis diferentes de status entre os súditos. Criadas e servos também são necessários para os súditos. Não haverá tristeza lá, mas o status é numérico. Achcha.

Aos filhos mais doces, amados, há muito perdidos e agora encontrados: amor, lembranças e bom dia da Mãe, do Pai, BapDada. O Pai espiritual diz namaste aos filhos espirituais

Essência para Dharna:
1. Não fiquem cansados da peregrinação da lembrança. Pratiquem ter lembrança verdadeira para que, no fim, vocês não se lembrem de ninguém, exceto do Pai.

2. Sigam as direções do Pai verdadeiro e ganhem uma renda verdadeira. Não sigam os ditames de sua própria mente. Não causem difamação ao Satguru. Não desempenhem nenhuma ação pecaminosa sob a influência de luxúria ou raiva.

Bênção:
Que vocês se tornem uma personificação de sucesso com seu poder de pensamento e tenham o direito de serem bem-sucedidos em todas as suas tarefas.

Vocês experimentarão sucesso fácil com seu poder de pensamento em muitas tarefas. Assim como vocês veem as várias estrelas no céu físico, no céu da atmosfera do mundo, vocês conseguirão ver as estrelas de sucesso brilhando quando seus pensamentos forem elevados e poderosos e vocês estiverem constantemente imersos nas profundezas do único Pai. Seus olhos espirituais e imagem espiritual se tornarão um espelho divino. Este espelho divino se torna uma personificação de sucesso que faz com que muitas almas experimentem sua forma consciente da alma.

Slogan:
Aqueles que constantemente experimentam felicidade Divina são imperadores despreocupados.